segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

A Personalidade dos meses de Dezembro e Janeiro - Leonardo Da Vinci

O meu nome é Leonardo e nasci no dia 15 de Abril de 1452, na pequena cidade de Vinci, perto de Florença, centro intelectual e científico da Itália. O meu talento artístico cedo se revelou, mostrando excepcional habilidade na geometria, na música e na expressão artística. Reconhecendo estas suas capacidades, o meu pai, Ser Piero da Vinci, mostrou os meus desenhos a Andrea del Verrocchio. O grande mestre da renascença ficou encantado com o meu talento e tornou-me seu aprendiz. Em 1472, com apenas vinte anos, associei-me ao núcleo de pintor de Florença. Pintor, escultor, arquitecto e engenheiro, fui o talento mais versátil da Itália do Renascimento. Os meus desenhos, combinando uma precisão científica com um grande poder imaginativo, reflectem a enorme vastidão dos seus interesses, que iam desde a biologia, à fisiologia, à hidráulica, à aeronáutica e à matemática.



5.º A

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Visita guiada à BE





Hora do conto


A Personalidade do Mês de Novembro - Rui Porto Nunes

Olá! Eu acho que a maioria de vocês me conhece. Chamo-me Rui Porto Nunes vivo no Alentejo e nasci no dia 4 de Outubro de 1986 em Portalegre, sendo o meu signo escorpião. Meço 1.74 e peso 66kg.
O meu desporto favorito é BTT, ciclismo BTT e crosses country.
Os meus cantores preferidos são os Linkin Park e Green Day.
O meu prato favorito é carne de porco alentejana.
Tenho um livro preferido que é “O sol nasce sempre”. Conhecem? Vejam se existe na vossa biblioteca escolar e requisitem-no porque vale a pena lê-lo.
A minha maior qualidade é ser lutador e o meu maior defeito é ser preguiçoso.
O meu grande vício é a adrenalina.
Fiquei conhecido ao dar vida à personagem rebelde “Bruno Andrade” na novela Morangos com Açúcar na sua 5ªsérie (2007-08), não sei se se recordam de mim nessa altura. Agora estou a participar na série juvenil “Lua Vermelha” que passa na SIC todos os sábados, como provavelmente sabem e onde sou uma das personagens principais. Nesta série sou conhecido como um belo imortal de 18 anos, apesar de na realidade já ter 186. O meu nome é “Afonso” e apaixono-me por uma bela estudante com o nome de “Isabel”. Nas gravações dou saltos magníficos mas na realidade eles são feitos com a ajuda dos duplos, em especial do David Chen. Eu desejava fazer a personagem Afonso, e consegui o papel através de um casting no qual participei.

Espero que tenham gostado de saber mais algumas coisa sobre mim, os meus gostos e o meu trabalho. Continuação de bons estudos!

Rui

8ºA

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Dramatização da peça D. Quixote de La Mancha pelo 6º A

No dia 3 de Novembro de 2010 foi apresentado pelos alunos do 6ºA, um teatro de fantoches a todas as turmas do 1º ciclo da escola sede e do 2º ano da EB1 de Azões, na Biblioteca Escolar. A peça intitulada “ D. Quixote de La Mancha”, foi escrita por estes alunos baseando-se na famosa obra com o mesmo título da autoria do conhecido escritor espanhol, Miguel de Cervantes.
Os alunos que assistiram à dramatização estavam entusiasmados e a turma do 6ºA representou de uma forma espectacular.
Esses meninos do 1º ciclo gostaram muito do “monstro”- que representava os moinhos de vento - e fizeram uns desenhos lindos baseados na história e que se encontram afixados na nossa biblioteca escolar.

Notícia realizada pelos alunos do 6ºA:
Nelson Faria Nº 17
Filipa Faria Nº 1
Catarina Silva Nº8



A Personalidade do Mês de Outubro - José Relvas


Nasci no dia 5 de Março de 1858 na Golegã e licenciei-me em letras em 1880. Pertenci ao Directório do Partido Republicano, quando no dia 5 de Outubro foi implantada a república no nosso país. Fui eu que, da varanda da Câmara Municipal de Lisboa, anunciei publicamente este tão importante acontecimento. No governo provisório, então constituído, ocupei a pasta das Finanças.
De Outubro de 1911 a Maio de 1914, fui embaixador em Espanha, mas quando regressei a Portugal, afastei-me da política desgostoso com as lutas partidárias em que foi fértil a Primeira República, voltando apenas por um curto período, quando após a revolta monárquica de 1919, aceitando formar governo e acumulando a Presidência com a pasta do Interior.
Fui um amante das artes, em especial da música e da fotografia e dediquei parte da minha vida a transformar a minha casa de habitação - conhecida por Casa dos Patudos – num museu, tendo adquirido continuamente variadas peças de arte e alargando e embelezando a referida casa, que, mais tarde, doei à Câmara Municipal de Alpiarça. Faleci no dia 31 Outubro 1929.


Bibliografia:
www.primeirarepublica.org
www.fcsh.unl.pt/ihc/index.php?ID=2484

OUTUBRO – MÊS DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES

O Mês das Bibliotecas Escolares foi também comemorado na nossa escola, à semelhança dos anos anteriores.
Este ano lectivo, durante este mês, a nossa BE serviu de palco para actividades de recepção às turmas dos 1º e 5º anos, compostas por alunos, na sua maioria, novos na escola sede e desconhecedores das potencialidades e funções do espaço da BE e do seu funcionamento. Assim foram efectuadas visitas guiadas para os alunos dessas turmas que puderam inclusivamente visualizar um filme intitulado “A Menina que detestava livros” de Manjusha Pawagi. Esta visita teve ainda a finalidade de, nas turmas do 5º ano, ser explicada e realizada a actividade mensal, “A Personalidade do Mês”- assim foi lida a biografia de José Relvas, personalidade escolhida para este mês e realizada a ficha lacunar respectiva. Estas actividades testemunharam a adesão e euforia destes alunos que participaram activa e entusiasticamente nas mesmas.
A todos estes alunos foram entregues, no final desta visita, desdobráveis realizados para o efeito, onde constam algumas informações úteis relativas ao funcionamento da BE.

Sessões de cinema e PowerPoints do Halloween

Nos dias 28 e 29 de Outubro a BE assinalou a comemoração do Dia das Bruxas que tanto entusiasmo causa nos nossos alunos, decorando o espaço com motivos subordinados a essa temática e preparando sessões de cinema, à semelhança do ano lectivo anterior. Os filmes exibidos foram: “A Casa Assombrada” e “A Noiva- Cadáver”.
Este ano foram ainda passadas algumas apresentações em PoewrPoint intituladas: “A Bruxa Mimi”, “A Abóbora Gigante” e “O Desejo da Bruxa” que testemunharam a alegria dos mais pequeninos. Os desenhos para pintar continuam a ser a grande atracção destes últimos que solicitam diariamente a realização desta actividade e que foi igualmente preparada “fazendo as suas delícias”.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Contrato de Leitura

Estão a decorrer durante este mês de Outubro, no espaço da BE, visitas por parte de todas as turmas do 3º ciclo que, acompanhadas pela respectiva professora de Língua Portuguesa, participam numa aula de cariz diferente do habitual. No espaço, e orientados pela professora da disciplina e da professora bibliotecária, procedem à escolha de obras para leitura domiciliária, efectuam o seu registo em grelha própria, e preparada para o efeito, onde constam informações essenciais a conhecer sobre cada obra e assistem a um PowerPoint relacionado com a importância de hábitos de leitura na sua formação. Este contrato designa como indispensável a leitura de um livro por trimestre e consequente apresentação do mesmo à turma, também no espaço da BE, onde o ambiente se evidencia mas apropriado e acolhedor. Esta iniciativa, à semelhança dos projectos desenvolvidos no agrupamento: “Leitura Vai e Vem” do pré-escolar; “Já sei ler” do 1º ciclo e “Ler + em família” do 2º ciclo, possuem como objectivo primordial a sensibilização de todos para a importância de serem criados ou fomentados hábitos de leitura, com o precioso auxílio de pais/encarregados de educação e familiares.


Centenário da República

A BE/CRE da nossa escola associou-se também às comemorações desta importante data, assinalada por todo o país. O Centenário da República não passou, portanto, despercebido na biblioteca escolar, onde decorreram diversas iniciativas com o sugestivo cenário verde e vermelho como pano de fundo. Foi organizada uma exposição de material livro e audiovisual relacionado com a temática e do qual constavam diversos volumes das enciclopédias existentes, monografias e obras recentemente adquiridas, sugeridas pelas professoras de História. Da mesma constavam igualmente alguns cdRoms e cds musicais, remetendo estes últimos principalmente para A Portuguesa - o hino nacional. Foi também decorado um placard com informações relacionadas com a república, uma réplica de um jornal da época - A Capital – sobre a temática e, uma bandeira nacional – um dos símbolos da república portuguesa. No intuito de sensibilizar a comunidade discente para a importância da data assinalada, foram organizadas visitas à BE por parte de todas as turmas da EB e EB1/Jardim de Azões, onde decorreram sessões informativas a partir da passagem de PowerPoints seleccionados de acordo com a idade dos visitantes, comentados e lidos com a participação activa dos alunos, que tiveram igualmente a oportunidade de ouvir e cantar o hino nacional. A estas sessões seguiram-se actividades de pintura e textos lacunares preparados para o efeito pela equipa da BE e professoras de História da EB, que colaboram activamente nesta iniciativa desenvolvida em articulação.




sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Dia Mundial da Música

Desde o dia 30 de Setembro a 8 de Outubro decorrem na BE/CRE actividades relacionadas com a comemoração do Dia Mundial da Música.
Encontra-se ao dispor uma pequena exposição de material do acervo da BE relativo à temática, algumas actividades lúdicas do género sopas de letras e questionários verdadeiro/falso.
A grande novidade reside na visualização do filme: AUGUST RUSH -O SOM DO CORAÇÃO - Um drama com elementos dos contos de fadas, onde um prodigioso músico usa o seu dom como uma pista para encontrar os pais dos quais foi separado à nascença. Todas as actividades referidas resultaram da articulação existente entre a equipa da BE e das professoras de Música da EB.




quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Distribuição de livros no âmbito do PNL

Durante os dias de recepção aos alunos e encarregados de educação foi feito um forte apelo à participação activa destes na promoção de hábitos de leitura dos seus educandos, quer pela directora da escola, quer pelos directores de turma/professores titulares de turma/ educadores. A própria directora, Dra. Martinha Soares, apresentou aos presentes projectos nos quais a escola irá participar com o intuito de tornar os nossos alunos leitores eficientes. Neste âmbito e patrocinado pelo Plano Nacional de Leitura, foi oferecido um livro a cada aluno do primeiro ano do 1.º ciclo e do quinto ano do 2.º ciclo.
Para salientar a importância do acto, vieram à escola alunas que já não a frequentam, por estarem no ensino secundário, mas quiseram passar o testemunho da qualidade da instituição e demonstrar que o esforço é compensado. Juntamente com os livros foram distribuídos separadores realizados pela equipa da biblioteca escolar, dos quais constava uma frase motivadora para a leitura, e uma ficha de leitura, na qual será feita uma ilustração sobre o livro e escrita uma frase, com a ajuda dos pais/encarregados de educação, no caso do 1.º ciclo. Serve esta para que a escola tenha um feedback das leituras e da apreciação feita pelos “pequenos” leitores.
Este foi o início de muitas actividades que vão ajudar os alunos a desenvolver a competência da leitura.
Bom ano e boas leituras!

A Coordenadora de PNL






sexta-feira, 18 de junho de 2010

Visita a nossa sala :)


Vem viajar connosco!
Há milhões de aventuras à tua espera. Escolhe uma delas e sê a personagem principal.

Finalmente uma ida ao cinema tão desejada…e merecida

Realizou-se ontem a ida ao cinema por parte dos alunos do 6ºB. Tratou-se de um prémio ganho pela turma, no âmbito do concurso “O Nosso Autor do Mês” dinamizado pela BE/CRE. Estes alunos resultaram vencedores deste concurso no ano lectivo 2008/09 mas só agora foi possível prendá-los com este tão merecido prémio e pelo qual tanto ansiavam. O filme ao qual assistiram foi Príncipe da Pérsia – As Areias do Tempo. Um filme cheio de acção e aventura ambientado na mística Pérsia que cativou e divertiu os alunos desta turma durante os seus 116 minutos de duração.

Eis a sinopse do filme:
Nas místicas terras da Pérsia, um príncipe trapaceiro (Jake Gyllenhaal) une forças, contra a sua vontade, com uma misteriosa princesa (Gemma Arterton) e, juntos, irão enfrentar as forças do mal para proteger uma antiga insígnia capaz de libertar as areias do tempo - um presente dos deuses com o poder de voltar atrás no tempo que dará a quem o possuir a capacidade de dominar o mundo...

Top Livros – 3º período

1º Ciclo – O Planeta Azul – Miguel Sousa Tavares
2º Ciclo – A Vida Mágica da Sementinha – Alves Redol
3º Ciclo – O Terrível Diário – Terry Deary

Obrigada pelas vossas preferências e continuação de boas leituras! :)

Melhores leitores domiciliários

1º período

São cada vez em maior número os alunos que se dirigem ao balcão de atendimento da BE com um livro na mão, solicitando o seu empréstimo domiciliário. Este ano esse número aumentou significativamente, o que é motivo de grande orgulho e satisfação para quem aqui trabalha e contacta mais directamente com os pequenos leitores, testemunhando, partilhando e orientando na escolha daquele pequeno objecto que será o seu companheiro durante alguns dias e que os despertará para novos mundos, realidades e saberes.
Após a análise das muitas fichas de leitura preenchidas pelos alunos dos três ciclos de ensino, distinguem-se como melhores leitores os seguintes alunos:

1º Ciclo: Juliana Fernandes, 4ºAno, nº7
2º Ciclo: Adriana Couto, 6ºC, nº1
3º Ciclo: Mariana Estrada, 7ºA, nº10

2º Período

1º Ciclo
: Juliana Fernandes, 4º Ano - 11 livros
2º Ciclo: João Filipe Oliveira, 6ºB - 36 livros
3º Ciclo: Sara Vieira escadas, 9ºB - 14 livros

3º período

1ºCiclo: Marcos da Silva Alves nº5 / 3ºAno - 8 livros
2ºCiclo: Alexandra de Barros Costa nº1 / 5ºC - 11 livros
3ºCiclo: Maria Teresa Fernandes Lopes nº6 / 8ºB - 4 livros

Turmas vencedoras "Autor do mês"

Novembro: 5ºC e 7ºB
Dezembro: 5ºC e 9ºA

Janeiro: 5ºC, 6ºA, 6ºC e 7ºA, 9ºA, 9ºB
Fevereiro: 6ºB e 9ºB
Março: 5ºB e 9ºB

Abril: 6ºA e 9ºB

Maio:  6ºA e 9ºB
Junho: 6ºB e 8ºB

Parabéns a todos os alunos pelo seu empenho, dedicação e interesse por esta actividade.

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Autor do Mês – Junho - 7ºA

António Gedeão


Rómulo Vasco da Gama de Carvalho nasceu a 24 de Novembro de 1906, em Lisboa, na Rua Arco do Limoeiro (hoje, Rua Augusto Rosa).
Faz os estudos secundários no Liceu Gil Vicente, onde se interessa particularmente por Literatura e Ciência.
Em 1931, licencia-se em Ciências Físico-Químicas na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto e, no ano seguinte, forma-se em Ciências Pedagógicas.
Após o estágio pedagógico no Liceu Pedro Nunes, ensina durante 14 anos no Liceu Camões, Lisboa, leccionando em seguida no Liceu D. João III, em Coimbra, durante 8 anos, após os quais regressa a Lisboa onde desempenha o cargo de professor metodólogo do grupo de Físico-Química no Liceu Pedro Nunes.
Como pedagogo, para lá de formador de professores do Ensino Liceal (nas áreas de Física e Química), é autor de livros e manuais escolares modelares.
Entretanto, desenvolve uma acção muito relevante de divulgação científica. Assim, a partir de 1946 é co-director da Gazeta de Física e, a partir de 1952, dinamiza a colecção de divulgação científica “Ciência para Gente Nova” que contribui para o despertar do interesse pela Ciência, tanto junto dos jovens estudantes, como do público em geral.
Rómulo de Carvalho interessa-se igualmente pela História da Ciência e pela História da Física, em particular, deixando neste domínio uma obra pioneira entre nós, com os seus estudos sobre a história da Ciência, do Experimentalismo, das Ideias e do Ensino Científico em Portugal no século XVIII.
Paralelamente, desenvolve uma muito original carreira de poeta, sob o pseudónimo de António Gedeão, que se inicia em 1956 com a publicação de Movimento Perpétuo; seguem-se Poesias Completas em 1974 e Poemas Póstumos e Novos Poemas Póstumos, em 1984 e 1990, respectivamente. A poesia de António Gedeão destaca-se no conjunto da poesia portuguesa da segunda metade do século XX.
“Pedra Filosofal” terá sido o seu poema mais famoso, popularizado pelo músico e cantor Manuel Freire.
Na sequência de uma intervenção cirúrgica, morre a 19 de Fevereiro de 1997, no Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

Obra Literária:
Poesia: "Movimento Perpétuo", 1956; "Teatro do Mundo", 1958; "Declaração de Amor", 1959; "Máquina de Fogo", 1961; "Poesias Completas", 1964; "Linhas de Força", 1967; "Soneto", 1980; "Poema para Galileu", 1982; "Poemas Póstumos",
1984; "Poemas dos textos", 1985; "Novos Poemas Póstumos", 1990
Ficção: "A poltrona e outras novelas", 1973
Teatro: "RTX 78/24", 1978; "História Breve da Lua", 1981
Ensaio: "O Sentimento Científico em Bocage", 1965; "Ai Flores, Ai flores do
verde pino", 1975

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Sá de Miranda por Terras de Vila Verde

De 17 a 23 de Maio

Feira Quinhentista

Actividades a dinamizar, durante toda a semana, na Sala Sá de Miranda - Biblioteca Escolar da nossa escola:
- Leitura expressiva de textos de Sá de Miranda;
- Apresentação de um PowerPoint sobre Sá de Miranda;
- Distribuição de Marcadores de livros alusivos a Sá de Miranda.

Na Feira Mostra do Empreendedorismo situada na Praça de Sto. António em Vila Verde:
- Mostra do acervo existente na nossa Biblioteca Escolar relativo à biografia de Sá de Miranda;
- Distribuição de Marcadores de livros alusivos a Sá de Miranda;
- Exposição de paineis sobre a vida do poeta.



segunda-feira, 17 de maio de 2010

Sessão de Educação Alimentar

No âmbito do Projecto de Orientação Vocacional desenvolvido pela Dra. Marta Alves, Psicóloga, os/as alunos/as dos Cursos de Educação e Formação (CEF) da Escola Básica de Ribeira do Neiva, participaram, no passado dia 10 de Maio, numa Sessão de Educação Alimentar, realizada pela Nutricionista, Dra. Alexandra Lima, na Biblioteca. Esta actividade teve como objectivo geral a sensibilização para a prática de uma alimentação equilibrada e variada, prevenindo assim o aparecimento de doenças decorrentes das más práticas alimentares e consequentemente promover a qualidade de vida. Neste sentido, deu-se a conhecer a nova roda dos alimentos e discutiram-se hábitos alimentares; incentivou-se ainda a prática de exercício físico e alertou-se para a existência de distúrbios alimentares, comuns na adolescência.
Os/as alunos/as participaram de uma forma activa e entusiasta durante a sessão e elaboraram previamente um folheto sobre nutrição e alimentação. No final da sessão existiu um espaço para esclarecimento de dúvidas, logo os/as alunos/as aproveitaram para obter alguns conselhos da profissional da área de Nutrição Clínica.

Marta Alves,
Psicóloga



quarta-feira, 12 de maio de 2010

Actividade “Eu escolhi o livro…”

No passado dia 5 de Maio a nossa BE recebeu os alunos do 1º ano da EB de Azões e do 3º ano da escola sede que, acompanhados pelas respectivas professoras titulares de turma, realizaram a actividade “Eu escolhi o livro…
 Esta actividade consistiu na escolha de um livro por cada aluno que, seguidamente, deveria proceder à sua leitura e posteriormente escrever uma frase alusiva e ilustrar um marcador de livros preparado para o efeito. Alguns alunos optaram inclusivamente no fim da sessão, pela requisição do respectivo livro para leitura domiciliária.
Todos os alunos se evidenciaram muito empenhados e entusiasmados com esta actividade que lhes proporcionou uma manhã diferente e muito divertida. Eis algumas fotos dos trabalhos realizados por estes pequenos leitores.


Autor do mês - Maio - 7ºB

Miguel Sousa Tavares

Miguel Andresen de Sousa Tavares, nasceu no Porto a 25 de Junho de 1952, é  um jornalista e escritor português.

Filho da poetisa portuguesa Sophia de Mello Breyner Andresen e do advogado Francisco Sousa Tavares, começou a sua vida profissional pela advocacia, que abandonou em favor do jornalismo, de onde passa para a escrita literária. Tem uma obra diversificada, essencialmente marcada por crónicas e reportagens, mas fez já outras digressões literárias, nomeadamente com a publicação de um livro infantil, de vários contos e do romance Equador, um best-seller em Portugal durante 2004 e 2005. Em 2007, publicou seu segundo romance, "Rio das Flores", numa tiragem de 100 mil exemplares. Ainda em 2007, Miguel Sousa Tavares ganhou o Prémio de Jornalismo e Comunicação Victor Cunha Rego.

Colabora actualmente com o jornal Expresso, com a estação de televisão SIC, onde reingressou depois de uma passagem pela estação de televisão TVI. Contribui também, semanalmente, para o jornal A Bola onde escreve uma coluna com o nome "Nortada". As suas opiniões sobre assuntos como tabagismo, o Presidente da República Cavaco Silva ou futebol (acérrimo defensor do Futebol Clube do Porto) têm sido fonte para muitas críticas em blogues e têm-lhe criado vários inimigos.
 

Obras

    * Equador, Oficina do Livro, 2003
    * Anos Perdidos,[6] Oficina do Livro, 2001
    * Não Te Deixarei Morrer, David Crockett,[7] Oficina do Livro, 2001
    * Sul, Viagens,,[8] Oficina do Livro, 2004 (Edição Ampliada)
    * O Segredo do Rio, Oficina do Livro, 2004
    * Um Nómada no Oásis, Relógio d'Água Editores
    * O Dia dos Prodígios
    * O Planeta Branco,[9] Oficina do Livro, 2005
    * Rio das Flores, Oficina do Livro, 2007
    * No Teu Deserto, Oficina do Livro, 2009

terça-feira, 11 de maio de 2010

Comemoração 9º aniversário da BE

Vencedores Biblio-paper

Alunos participantes
Ano/turma
Pontos
Pedro/Tiago 
  4ºano
5
Diana/Tatiana 
 5ºC
11
Tânia/ Lucas
5ºc
10
Sara/Daniela
5ºC
11
Beatriz/Adriana
6ºA
11
Gisela/Sara
6ºB
15
Inês/Felicidade
6ºC
8
Marisa/ Marta
7ºA
13
Cláudia/ Anabela
7ºC
12
Samuel/ Luciano
7ºC
4
Diana/ Sofia
9ºB/8ºA
12
Carolina/ Daniela
9ºA
13
Cláudia/ Vera Faria
9ºB
16
Álvaro/ Vera Mendes
9ºB
16
Andreia/ Camila
9ºB
17
Parabéns a todos os participantes e em especial aos vencedores de cada ciclo de ensino.
A professora bibliotecária

quarta-feira, 28 de abril de 2010

9º Aniversário da BE

Celebrou-se a 23 de Abril o 9.º Aniversário da Sala Sá de Miranda, a nossa biblioteca e centro de recursos. Para celebrar o dia, a equipa responsável organiza vários eventos.

quarta-feira, 21 de abril de 2010

TOP Livros

Os livros mais lidos no 2º Período:

1º Ciclo - Contos de Animaizinhos
2º Ciclo - Histórias pequenas de bichos pequenos (Álvaro Magalhães)
3º Ciclo - O Cavaleiro da Dinamarca (Sophia de Mello Breyner Andresen)

Obrigada pelas vossas preferências e continuação de boas leituras! :)

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Limpar Portugal...

Limpar Portugal


No âmbito deste projecto nacional, a nossa escola também decidiu participar nesta iniciativa por considerá-la de muita importância, como forma de alertar e sensibilizar toda a comunidade para a necessidade de manter limpos todos os espaços dos quais usufruímos, sejam eles exteriores ou interiores.
Assim a equipa da BE/CRE, em articulação com um grupo de professores de diferentes disciplinas do 2º e 3º ciclos procedeu à preparação de um peddy-paper a realizar por alunos representantes de cada turma da escola sede desde o 1º ao 3º ciclo. As provas decorrem desde a semana passada até ao final desta semana, durante a aula de Formação Cívica para os alunos dos 2º e 3º ciclos e numa hora determinada pelo professor titular de turma para os alunos do 1º ciclo. Da prova constam perguntas e actividades relacionadas com a preservação do ambiente, ecologia, separação do lixo, etc, adaptadas a cada nível de ensino, não tendo sidas esquecidas as disciplinas de Francês e Inglês ao ser necessário proceder-se à tradução de um slogan em ambas as línguas. Os cinco elementos que representam cada turma têm-se mostrado muito empenhados e entusiasmados na realização das provas e no contributo que dão para esta causa, tendo a turma do 9º B inclusivamente procedido à realização da letra para uma música relacionada com a temática e que será divulgada através da página oficial do Limpar Portugal.

Autor do mês - Abril - 7ºC

Terry Deary


Terry Deary, autor de 154 obras no Reino Unido (das quais existemmais de 500 edições estrangeiras) em especial destinadas a crianças e jovens, vendidas desde a Rússia, ao Brasil, passando pela Escandinávia e pela China, em mais de 33 línguas estrangeiras. Terry Deary nasceu em Sunderland, em 1946 e reside actualmente em Derwentside, no condado de Durham. Terry desempenhou funções, de actor, encenador e director de museu. Durante os 30 anos da carreira de autor, escreveu ficção para jovens e adolescentes, histórias de mistério para um público internacional, assim como romances populares, denominadas “Horrible Histories” as quais são consideradas as suas obras-primas, escreveu guiões para séries de TV, de áudio e peças de teatro. Em 1996, foi considerado o melhor autor Britânico de literatura infantil, com 5 dos seus livros a ocupar os lugares cimeiros da lista de vendas do ano. De 1999 até 2006, foi galardoado com diversos prémios literários, os quais premiaram, sobretudo a sua versatilidade literária, tornando-se um dos escritores mais lidos nas bibliotecas Britânicas. Em 2000, recebeu o título de Doutor em Educação, concedido pele Universidade de Sunderland, e foi denominado embaixador da sua cidade natal, assim como do distrito onde reside actualmente. Em 2001, os cartoons das Horrible Histories adaptadas à TV, alcançaram grande êxito a nível mundial. No final de 2006 reduziu a produção literária para participar em projectos televisivos. Porém, a sua vida não se resumiu apenas à produção literária. Durante anos, dedicou parte do seu tempo ao trabalho comunitário, angariando fundos para associações regionais de crianças incapacitadas.

quarta-feira, 3 de março de 2010

Autor do Mês - Março - CEF1

Eça de Queirós

José Maria Eça de Queirós nasceu na Póvoa do Varzim em 25 de Novembro de 1845, filho de José Maria de Almeida de Teixeira de Queirós, então delegado da comarca, e de D. Carolina Augusta Pereira.
Em 1849, os pais do escritor legitimaram a sua situação, contraindo matrimónio. Eça foi então levado para casa dos seus avós paternos, em Aveiro, onde permaneceu até aos dez anos. Só então se juntou aos seus pais, vivendo com eles no Porto, onde efectuou os seus estudos secundários.
Em 1861, matriculou-se na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. Aqui, juntou-se ao famoso grupo académico da Escola de Coimbra que, em 1865, se insurgiu contra o grupo de escritores de Lisboa, a apelidada Escola do Elogio Mútuo. Esta revolta dos estudantes de Coimbra, a chamada Questão Coimbrã, é considerada como a semente do realismo em Portugal.
Terminou o curso em 1866 e fixou-se em Lisboa, exercendo simultaneamente advocacia e jornalismo. Dirigiu o Distrito de Évora e participou na Gazeta de Portugal com folhetins dominicais, que seriam, mais tarde, editados em volumes com o título Prosas Bárbaras.
Por influência do seu companheiro e amigo universitário, Antero de Quental, entregou-se ao estudo de Proudhon e aderiu ao grupo do Cenáculo. Em 1870, tomou parte activa nas Conferências do Casino (marca definitiva do início do período realista em Portugal) e iniciou, juntamente com Ramalho Ortigão, a publicação dos folhetins As Farpas.
Decidiu entrar para o Serviço Diplomático e foi Administrador do Concelho em Leiria. Foi na cidade do Lis que elaborou O Crime do Padre Amaro. Em fins de 1872 é nomeado Cônsul em Havana, Cuba. Dois anos mais tarde, foi transferido para Inglaterra. Foi em terras britânicas que iniciou a escrita de O Primo Basílio e começou a arquitectar Os Maias, O Mandarim e A Relíquia.
Em 1886, casou com D. Maria Emília de Castro, uma senhora fidalga irmã do Conde de Resende.
Em 1888 é nomeado cônsul em Paris. Publica Os Maias (o seu romance mais famoso) e chega a publicar na imprensa Correspondência de Fradique Mendes e A Ilustre Casa de Ramires.
Morreu em Paris em 1900.

Maratona da Leitura

A Semana da Leitura decorre na Escola Básica e na comunidade envolvente onde se desenvolveram várias actividades e animadas leituras...
De 1 a 5 de Março comemora-se na nossa escola e em todo o agrupamento a Semana da Leitura através de diversas iniciativas organizadas pela equipa de professores da BE. Pretende-se, assim, continuar a incentivar e motivar toda a comunidade educativa para a importância da leitura, proporcionando uma série de actividades nas quais todos podem participar. À semelhança do ano transacto, estão a ser efectuadas leituras expressivas na em vários espaços da escola, nomeadamente na Direcção, Sala de Professores, Serviços Administrativos, Bar dos alunos e Cantina, contando com a colaboração d e alguns alunos que prontamente se evidenciaram disponíveis para efectuarem essas leituras.
No que respeita às leituras efectuadas em contexto sala de aula, decidiu-se pela organização de uma 2ª edição da Maratona da Leitura, dada a aceitabilidade verificada no ano anterior. Esta actividade pressupõe a participação de todos os docentes e professores titulares de turma, consistindo na selecção de um livro/conto da BE a ser lido por cada turma, em todas as disciplinas, todos os dias dessa semana. Os alunos estão a aderir de forma muito animada.
Ainda como actividades destaca-se o painel onde os alunos dos vários anos podem exprimir através de palavras e/ou desenhos o que significa para eles a leitura; desenhos para pintar; existe também um conjunto de imagens alusivas à temática, para legendar, num placard preparado para o efeito. E, finalmente destaca-se uma actividade inovadora no agrupamento, que consiste em levar a leitura à comunidade, isto é, foram seleccionados e postos ao dispor para uma leitura descontraída ou eventualmente domiciliária, alguns livros da BE, em pastelarias da região. Esta iniciativa surgiu de uma conversa com a Directora do agrupamento que incentivou a sua realização. Também na sala dos professores foi criado um cantinho de leitura, onde foram colocados alguns livros do nosso Centro de Recursos, disponíveis para leituras informais ou domiciliárias.
Em termos de oferta ou pequena lembrança desta semana e da sua importância na formação pessoal de cada um, foram elaborados marcadores de livros com referência a alguns dos autores existentes na nossa BE e pequenas cartolinas em forma de livros, simbolizando a leitura e onde foram colocadas frases alusivas, da autoria de personalidades célebres ou simplesmente anónimas.
Todas iniciativas realizadas na EB, organizadas pela equipa da BE/CRE encontram-se a ser igualmente divulgadas à comunidade através da Rádio Voz do Neiva, onde inclusivamente uma aluna do 9º ano procedeu à gravação da declamação de um poema da obra AS FADAS, da autoria de Antero de Quental.

Prof. Isabel Soares


sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

A alegria e diversão do Carnaval também chegaram à Biblioteca Escolar

Dada a enorme adesão verificada no ano lectivo transacto relativamente ao Concurso de Máscaras, também este ano se decidiu pela sua realização. Os alunos envolveram-se na realização de máscaras muito vistosas e divertidas, demonstrando mais uma vez a sua capacidade de imaginação e fantasia. De acordo com a votação registada, resultou vencedora a aluna Anabel Gonçalves do 7ºC com 21 votos obtidos pela sua divertida e brilhante máscara.
Também a decoração do espaço da BE resultou num ambiente mais alegre e divertido, onde não faltaram os confetis e as habituais serpentinas coloridas.

Prof. Isabel Soares


quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Dia 14 de Fevereiro - um Dia dos Namorados sempre muito romântico e super divertido.



À semelhança dos anos anteriores, também este ano durante a semana que integrou a comemoração deste dia, a biblioteca tornou-se um espaço muito romântico: foi divulgada a lenda de S. Valentim e colocou-se o já conhecido placard alusivo à temática onde os alunos se divertiram, tirando fotografias, simulando pares românticos. Foi também realizado o já habitual Concurso de Mensagens de Amor ou Amizade. Trata-se de um concurso que visa sensibilizar os alunos para a escrita de mensagens ou poemas, manifestando os seus sentimentos amorosos ou de amizade mais profundos, relativamente àqueles que mais gostam e admiram no meio escolar. Também este ano, o “Cupido” e a “Fadinha da Amizade”, devidamente fantasiados, tiveram a “árdua” tarefa de distribuir pelas diversas turmas, na sala de professores e em outros espaços da EB, as inúmeras mensagens previamente colocadas numa “caixa de correio” elaborada para o efeito. A esta actividade aderiu um elevado número de alunos dos vários anos de escolaridade que nela participaram de forma muito entusiasta, tendo sido distribuídas cerca de 140 mensagens. Resultou vencedora, com o maior número de mensagens recebidas, a aluna Andreia Soares do 7º B.

Prof. Isabel Soares



Actividade do 5º Ano



Distribuição do correio

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Autor do Mês - Fevereiro - 8ºA

Rosa Lobato Faria

Filha de um oficial da Marinha, Rosa Lobato de Faria cresceu entre Lisboa e Alpalhão, no Alentejo. Era viúva de Joaquim Figueiredo Magalhães, editor literário, desde 26 de Novembro de 2008.

Enveredou pela representação ao participar, na televisão, em séries (1987 - Cobardias, 1988 - A Mala de Cartão, 1992 - Crónica do Tempo, 1992 - Os Melhores Anos), sitcoms (1987 - Humor de Perdição, 1990 - Nem o Pai Morre Nem a Gente Almoça, 2002 - A Minha Sogra é uma Bruxa, 2006 - Aqui Não Há Quem Viva) e novelas (1982 - Vila Faia, 1983 - Origens, 2004 - Só Gosto de Ti, 2005 - Ninguém como Tu). Assinou o argumento de Humor de Perdição (1987), Passerelle (1988), Pisca-Pisca (1989), Nem o Pai Morre Nem a Gente Almoça (1990), Telhados de Vidro (1994) e Tudo ao Molho e Fé em Deus (1995).

Como romancista, publicou os livros O Pranto de Lúcifer (1995), Os Pássaros de Seda (1996), Os Três Casamentos de Camila (1997), Romance de Cordélia (1998), O Prenúncio das Águas (1999), galardoado com o Prémio Máxima de Literatura em 2000, A Trança de Inês (2001), O Sétimo Véu (2003), Os Linhos da Avó (2004) e A Flor do Sal (2005). Em co-autoria participou em Os Novos Mistérios da Estrada de Sintra e Código d' Avintes. Para além disto publicou contos infantis (A Erva Milagrosa, As quatro Portas do Céu e Histórias de Muitas Cores).

Na poesia foi autora de A Gaveta de Baixo, longo poema inédito, acompanhado de aguarelas de Oliveira Tavares, estando o resto da sua obra reúnida no volume Poemas Escolhidos e Dispersos (1997). Para o teatro escreveu as peças A Hora do Gato, Sete Anos – Esquemas de um Casamento e A Severa. Foi ainda a letrista que, a par de José Carlos Ary dos Santos, permanece como a mais bem sucedida no Festival RTP da Canção, tendo obtido quatro vezes o primeiro lugar com Amor de Água Fresca (1992), Chamar a Música (1994), Baunilha e Chocolate (1995) e Antes do Adeus (1997).

Experimentou o cinema, sob a direcção de João Botelho, em Tráfico (1998) e A Mulher Que Acreditava Ser Presidente dos Estados Unidos da América (2003), além dos filmes de Lauro António, Paisagem Sem Barcos (1983) e O Vestido Cor de Fogo (1986) e de Monique Rutler, 'Jogo de Mão (1984).

Rosa Lobato de Faria, senhora de uma personalidade bastante forte, impunha-se pelo seu porte distintíssimo e pelo espírito perfeccionista que punha em todos os seus trabalhos, era uma das escritoras e actrizes que será sempre lembrada pelos seus papéis em novelas e por ter escrito letras de músicas para vários cantores.

Rosa Lobato de Faria morreu a 2 de Fevereiro de 2010 em Lisboa, aos 77 anos de uma anemia grave.

Olimpíadas da Língua Portuguesa

No passado dia 3 de Fevereiro realizou-se mais uma actividade organizada pelo Departamento de Línguas: a 1ª fase das Olimpíadas da Língua Portuguesa. Nesta prova participaram o 2º e 3º ciclos. As equipas eram constituídas por cinco elementos de cada uma das turmas e tiveram que apresentar ao júri as seguintes provas: questionário, leitura de um poema, adivinhação de um provérbio por gestos, leitura de um trava-línguas e uma prova livre, na qual os alunos deram asas à sua imaginação. Após a análise de todas as provas, venceram as seguintes turmas: 5ºC, 6ºB, 7ºC, 8ºB, 9ºB e CEF 1.

A todos os nossos parabéns e obrigada.

Até à 2ª fase!

Departamento de Línguas


quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Feira do Livro 2010


Nos dias 3, 4 e 5 de Fevereiro, realizou-se, na Escola Básica Ribeira do Neiva, mais uma edição da Feira do Livro. A adesão a esta actividade foi elevada, havendo a registar a venda de 350 títulos.

Ao longo destes dias, decorreram diversos eventos, entre os quais se destaca, a presença do escritor Pedro Seromenho Rocha, no dia 4, quinta-feira, de manhã. Este escritor/ilustrador apresentou as suas histórias infanto-juvenis, tais como “A Nascente de Tinta”, “O Reino do Silêncio” e “900 história de um rei”, assim como outros projectos que está a preparar.

O departamento de Línguas levou a cabo mais esta iniciativa, porque a aprendizagem da leitura e da escrita implicam motivação e, por conseguinte, ter contacto com livros, mexer e tocar neles, ouvir e ler histórias, leva a aquisição destas competências.

Departamento de Línguas


terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Ler + Em Família

s alunos dos 5º anos expuseram na Biblioteca Escolar o produto das suas leituras, no âmbito do Projecto: “Ler + Em Família”, demonstrando ser verdadeiros “costureiros de histórias”.
Inserido no Plano Anual de Actividades do Departamento de Línguas e em articulação com a Biblioteca Escolar, esta actividade do Plano Nacional de leitura, visa estreitar a relação pais/alunos através da leitura.
As professoras que dinamizam este projecto, Sofia Araújo, Sandra Queirós e Marisa Freitas, agradecem o empenho dos Encarregados de Educação que se envolveram neste projecto e solicitam a participação de todos para  que juntos melhoremos a literacia dos nossos alunos.

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Concurso Nacional de Leitura 2009/10


Mais uma vez esta escola será representada pelos nossos alunos no concurso promovido pelo Plano Nacional de Leitura em colaboração com as Bibliotecas Municipais de Rede Pública, com o DGLB e com a RTP. Assim a BE procedeu à recolha das informações necessárias e abriu inscrições para os alunos do 3º ciclo interessados neste desafio. Numa 1.ª Fase, no dia 13 de Janeiro de 2010, na biblioteca escolar, os alunos procederão à resolução de uma prova escrita, da qual constam diversas perguntas relacionadas com as obras seleccionadas para esta fase, nomeadamente sobre a história, o ambiente, as personagens, assim como alguns conteúdos relativos ao funcionamento da língua, prova essa a elaborar pela professora bibliotecária em colaboração com as professoras de Língua Portuguesa do 3º ciclo, baseada nas obras que seleccionaram e colocaram ao dispor dos participantes para leitura domiciliária, sendo elas: “Arroz do Céu”; “ O Cavaleiro da Dinamarca” e “ A Saga” .
A 2.ª Fase consta das finais distritais organizadas por uma Biblioteca Municipal que coordenará o processo ao nível de cada distrito, terá lugar durante o 2º período de 2010 (Fevereiro/ Março).
A 3.ª Fase consta da final nacional com local e data a anunciar e na qual participarão os vencedores das finais distritais. Esta final será transmitida na RTP.
Inscreveram-se para participar na 1ª fase deste concurso 14 alunos.

Para veres o regulamento e mais informações vai ao site: Concurso Nacional de Leitura 2009/10

Autor do Mês - Janeiro - 8ºB

Vergílio Ferreira



1916 - Professor, romancista e ensaísta português nasceu em Melo, Gouveia.

1920 - Os seus pais emigram para os Estados Unidos, deixando-o com os seus irmãos, ao cuidado das tias maternas. A sua infância e adolescência foram passadas na zona da Serra da Estrela, sendo, por isso, a neve um dos elementos fundamentais na sua obra.

1926 - Entra no seminário do Fundão, que frequentará durante seis anos.

1932 - Deixa o seminário e acaba o Curso Liceal no Liceu da Guarda. Entra para a Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, continuando a dedicar-se à poesia, nunca publicada, salvo alguns versos.

1939 - Escreve o seu primeiro romance, O Caminho Fica Longe.

1940 - Licenciou-se em Filologia Clássica.

1942 - Concluiu o Estágio no Liceu D. João III, em Coimbra. Começa a leccionar em Faro. Publica o ensaio "Teria Camões lido Platão?" e, durante as férias, em Melo, escreve "Onde Tudo Foi Morrendo".

1944/1946 - Passa a leccionar no Liceu de Bragança, publica "Onde Tudo Foi Morrendo" e escreve "Vagão "J".

1996 - Vergílio Ferreira morre, em Lisboa, a 1 de Março e é sepultado em Melo.


Obras – Bibliografia


Ficção


• 1939 O Caminho fica Longe

• 1944 Onde Tudo foi Morrendo

• 1946 Vagão "J"

• 1949 Mudança

• 1953 A Face Sangrenta

• 1953 Manhã Submersa

• 1959 Aparição

• 1960 Cântico Final

• 1962 Estrela Polar

• 1963 Apelo da Noite

• 1965 Alegria Breve

• 1971 Nítido Nulo

• 1972 Apenas Homens

• 1974 Rápida, a Sombra

• 1976 Contos

• 1979 [Signo Sinal]

• 1983 Para Sempre


• 1986 Uma Esplanada Sobre o Mar

• 1987 Até ao Fim

• 1990 Em Nome da Terra

• 1993 Na Tua Face

• 1996 Cartas a Sandra

• 19?? A Palavra Mágica


Ensaios


• 1943 Sobre o Humorismo de Eça de Queirós

• 1957 Do Mundo Original

• 1958 Carta ao Futuro

• 1963 Da Fenomenologia a Sartre

• 1963 Interrogação ao Destino, Malraux

• 1965 Espaço do Invisível I

• 1969 Invocação ao Meu Corpo

• 1976 Espaço do Invisível II

• 1977 Espaço do Invisível III

• 1981 Um Escritor Apresenta-se

• 1987 Espaço do Invisível IV

• 1988 Arte Tempo


Diários


• 1980 Conta-Corrente I

• 1981 Conta-Corrente II

• 1983 Conta-Corrente III

• 1986 Conta-Corrente IV

• 1987 Conta-Corrente V

(O conto “A Estrela” faz parte do programa do 7º Ano).