terça-feira, 17 de fevereiro de 2015


Resultados da 1.ª fase do concurso
"Olimpíadas de Química júnior 2015"

Durante a semana de 19 a 23 de janeiro decorreu a primeira fase de seleção dos estudantes, participantes no concurso. Os estudantes do 9.º ano de escolaridade foram convidados a participar e tiveram de realizar uma prova escrita, que decorreu na Biblioteca Sá de Miranda.
Participaram 10 estudantes do 9.º ano de escolaridade das turmas F, G e H. De acordo com os critérios de avaliação da prova, foram selecionados os alunos:

  • André Gonçalves, n.º 2, 9.º H;
  • Elsa Faria, n.º 8, 9.º H;
  • Marina Amorim, n.º 14, 9.º G.

Como suplente foi selecionada a aluna Bruna Martins, n.º 4, 9.º G.

O grupo de Ciências Físico-Químicas agradece à equipa da Biblioteca Sá de Miranda a ajuda prestada na execução desta atividade.

As professoras de Física e Química e a equipa da Biblioteca agradecem a participação dos alunos e desejam os maiores sucessos aos alunos apurados para a segunda fase do concurso.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Maqueta - Metas literárias - 1º ciclo

Metas literárias - 1º ciclo

Tendo como mote os objetivos das metas de aprendizagem do 1º ciclo, para a língua portuguesa - “Desenvolver a competência de leitura relacionando os textos lidos com as suas experiências e conhecimento do mundo” e “ Utilizar diferentes recursos expressivos com uma determinada intenção comunicativa (dramatizações, banda desenhada, cartazes publicitários) ” - a turma F do 2.º ano construiu uma maquete, a partir de uma caixa de papelão, onde explicou e reproduziu a história trabalhada, no mês de janeiro, com o título “O Elefante Cor de Rosa”, de  Luísa Dacosta.
A turma E do mesmo ano contou e ilustrou as obras trabalhadas com os títulos “ A Menina Gotinha de Água” e “ O Elefante Cor de Rosa”.
Aqui fica este maravilhoso trabalho, que também se encontra exposto na biblioteca escolar, para que o possas ver!

Obrigado às professoras Paula, Sónia e aos seus alunos artistas!

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015


Concurso "Palavras do Mundo em Cartaz"

Regulamento do Concurso «Palavras do Mundo em Cartaz»


1. Este Concurso, iniciativa do Plano Nacional de Leitura, enquadra-se na 9ª Edição da Semana da Leitura e centra-se no tema «Palavras do Mundo».
2. O Concurso desenvolve-se no quadro dos objetivos definidos para a Semana da Leitura 2015, sendo estes, nomeadamente:
 promover o gosto pela leitura, sublinhando as dimensões do prazer e da festa;
 promover o conhecimento e a compreensão de temáticas diversas, de textos e de autores nacionais ou internacionais;
 tornar evidente a importância da leitura e da escrita, na comunidade escolar, dando-lhes visibilidade;
 estimular a imaginação articulando a palavra e a leitura com as ciências e as artes;
3. O público-alvo do concurso é constituído pelas crianças e pelos jovens de todos os níveis de educação e de ensino, bem como pelos elementos da comunidade em que cada escola se insere.
4. A abrangência e a diversidade de sentidos implicados no tema «Palavras do Mundo» constitui um desafio à criatividade de alunos e de professores, contribuindo para que estes criem cartazes originais, que decorram de leituras livremente realizadas. O cartaz a realizar, pelas crianças da educação pré-escolar e pelos alunos dos ensinos básico e secundário deve:
4.1. incluir obrigatoriamente um slogan baseado e/ou relacionado com uma citação de textos de autores anteriormente lidos;
4.2. aliar ao texto imagens originais que o ilustrem, através do recurso a materiais e a técnicas plásticas ou gráficas diversas;
4.3. utilizar na composição do cartaz textos ou imagens diretamente relacionados com o tema da presente edição deste Concurso;
4.4. indicar um professor responsável que orientará os alunos e dinamizará o trabalho da turma, de modo a verificar a pertinência dos conteúdos e a assegurar a adequação e originalidade dos trabalhos.
5. Cada agrupamento ou escola não agrupada deve selecionar os trabalhos realizados pelas crianças e pelos alunos, escolhendo um único trabalho para a educação pré-escolar e um trabalho por cada nível/ciclo de ensino para apresentar a concurso (educação pré-escolar/ 1º ciclo do ensino básico/ 2º ciclo do ensino básico/ 3º ciclo do ensino básico/ ensino secundário).
6. São admitidos a concurso:
a) na educação pré-escolar, trabalhos coletivos realizados pelo conjunto de crianças de uma mesma sala;
b) no 1ºciclo do ensino básico, trabalhos coletivos realizados pelo conjunto de crianças de uma mesma turma;
c) nos 2º e 3º ciclos do ensino básico e no ensino secundário, trabalhos individuais.
7. Calendarização:
Janeiro de 2015
 lançamento do concurso e divulgação da respetiva informação junto dos estabelecimentos de educação e de ensino.
Até 20 de março de 2015
 inscrição da escola/do agrupamento no SIPNL.

Concurso Faça lá um Poema



Concurso PNL |2014/2015 |7ªEdição

Regulamento
O Plano Nacional de Leitura, PNL e a Fundação Centro Cultural de Belém, CCB, parceiros do prazer de ler e de escrever, convidam todas as escolas do país, públicas e privadas, do 1º Ciclo do Ensino Básico ao Ensino Secundário, a participar no Concurso FAÇA LÁ UM POEMA, que decorrerá entre Dezembro de 2014 e Março de 2015 e se constitui como forma de incentivar o gosto pela leitura e pela escrita de poesia.
No dia 21 de Março de 2015 celebra-se, no Centro Cultural de Belém, o DIA MUNDIAL DA POESIA que integrará a Final do Concurso ‘Faça Lá um Poema’, com uma animação de leitura e a entrega de prémios aos vencedores.
O concurso FLP é dirigido aos alunos dos 1º / 2º / 3ºCiclos do Ensino Básico | Ensino Secundário de todas as escolas (agrupadas e não agrupadas), continente e ilhas.
COMO PARTICIPAR:
1. A participação no concurso é individual [não serão considerados trabalhos de grupo ou de turma]
2. O envio dos poemas a concurso deve ser feito entre a data de abertura e o dia 21 de Fevereiro de 2015
3. A Seleção dos Poemas a Concurso é feita pelo responsável do FLP em cada agrupamento / escola não agrupada de acordo com o procedimento seguinte:
a) Cada AGRUPAMENTO seleciona, de entre todos os já selecionados e enviados pelas escolas, os 4 melhores poemas -1 por cada nível de ensino.
b) Cada ESCOLA NÃO AGRUPADA seleciona os 4 melhores poemas - 1 por cada nível de ensino.
4. Os Poemas selecionados devem ser enviados para o Plano Nacional de Leitura através de um Formulário onde constem os respectivos elementos de identificação:
a) O Formulário do concurso deverá ser devidamente preenchido e submetido por um professor responsável.
b) O Formulário deve ser anexado a uma mensagem a enviar para o PNL.
c) Só serão consideradas válidas as inscrições em que constem os dados correctos de identificação da escola.
d) Só serão consideradas válidas as participações enviadas dentro do prazo.
4. O Concurso não é subordinado a nenhum tema específico.
5. A dimensão de cada poema não deverá exceder os limites da página.
6. Os critérios de avaliação dos poemas enviados deverão obedecer aos items seguintes: correção formal da escrita |riqueza de conteúdo |originalidade do tema e do estilo.