quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Dia das Bibliotecas Escolares

No passado dia 26 de Outubro comemorou-se o Dia das Bibliotecas Escolares.
Nesta BE/CRE procedeu-se à realização de várias actividades, destacando-se uma actividade que contou com a colaboração de alguns alunos que se voluntariaram para procederem à leitura de um poema subordinado ao tema da “Biblioteca”. Estas leituras foram realizadas em todas as turmas dos três ciclos de ensino, na Direcção da escola, nos Serviços Administrativos e na Sala de Professores. Foi uma actividade muito animada e que agradou muito, tanto àqueles que mais directamente estiveram envolvidos na mesma - alguns alunos,  como àqueles que simplesmente assistiram à leitura do poema -  os vários elementos da comunidade educativa.

Poema da Biblioteca

Sou cheia de cavidades, conteúdos, somas
Tábuas paralelas, segurando sonhos
Sou alta, larga, profunda – com glórias
Carrego das vidas, todas as histórias

Sou aquela que regista a própria civilização
Sou mais importante do que o pão
Sou forte, plena cortejada e vaidosa
Sou cheia de luz, em verso e prosa

Tenho brilho por ter romance de alguém
Sou altamente cultural também
Sou a que guarda os tesouros da terra
O Reino das palavras, na Paz e na guerra

Sou a que só se desfaz por acidente
Por incêndio - ou demente
Tenho páginas de rostos no meu Ser
Em belo acervo de aventura e prazer

Sou a que é certa por linhas certas
O mundo mágico dos Poetas
Sou a maravilhosa biblioteca
Reino da fantasia para mentes abertas.

Silas Corrêa Leite


Biblioteca Escolar

Benvindos à nossa biblioteca!
Iremos pesquisar,
Brincar com os jogos,
Ler livros
Interessantes
Obras de arte
Tesouros escondidos,
Escrever poemas
Consultar encilopédias
Assim, descobrimos a fantasia
Escolhe livros à tua vontade
Saboreia o romance...
Constrói o teu mundo.
O prazer de
Ler é muito bom
Aproveita bem a
Riqueza que a biblioteca tem.

Inês de Castro


Concurso Inês de Castro, em parceria com a Fundação Inês de Castro e o patrocínio da Ydreams.

O período de inscrição decorre de 13 de Outubro de 2009 a 26 de Março de 2010.

Para mais informações consulta o site: Concurso Inês de Castro

Onde te leva a Imaginação

Participa!
Vai passando pelo site para veres mais informações: Onde te leva a Imaginação

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Autor do Mês - Outubro - 9ºB

 Antoine de Saint-Exupéry



Apaixonado desde a infância pela mecânica, estudou a princípio no colégio jesuíta de Notre-Dame de Saint-Croix, em Mans, de 1909 a 1914. Neste ano da Primeira Guerra Mundial, juntamente com seu irmão François, transfere-se para o colégio dos Maristas, em Friburgo, na Suíça, onde permanece até 1917. Quatro anos mais tarde, em Abril de 1921, Antoine inicia o serviço militar no 2º Regimento de Aviação de Estrasburgo, depois de reprovado nos exames para admissão da Escola Naval.
A 17 de Junho, obtém em Rabat, para onde fora mandado, o brevê de piloto civil. No ano seguinte, 1922, já é piloto militar “brevetado”, com o posto de subtenente da reserva. Em 1926, recomendado por amigo, o Abade Sudour, é admitido na Sociedade Latécoère de Aviação, onde começa então sua carreira como piloto de linha, voando entre Toulouse, Casablanca e Dacar, na mesma equipe dos pioneiros Vacher, Mermoz, Guillaumet e outros. Foi por essa época, quando chefiou o posto de Cap Juby, que os mouros lhe deram o cognome de senhor das areias.
Faleceu durante uma missão de reconhecimento sobre Grenoble e Annecy. Recentemente, o alemão Horst Rippert assumiu ser o autor dos tiros responsáveis pela queda do avião e disse ter lamentado a morte de Saint-Exupéry. Em 3 de Novembro, em homenagem póstuma, recebeu as maiores honras do exército. Em 2004, os destroços do avião que pilotava foram achados a poucos quilómetros da costa de Marselha. O seu corpo jamais foi encontrado.